Nissan Note, o destruidor de Honda Fit

6 09 2013


Montadora japonesa deve lançar monovolume no Brasil em 2014 para enfrentar o famoso modelo da Honda

nissan-note-abre

Para quem não lembra, o Note é um monovolume que a Nissan apresentou ao público no Salão de Detroit. Com formas joviais e design atraente, o modelo é chamado internamente na montadora de “Fit killer”, ou melhor dizendo, matador de Fit.

A receita adotada pela Nissan é a mesma que sua irmã francesa utilizou ao criar o Duster: um modelo com as formas de um rival bem sucedido, porém, bem mais barato. No caso do SUV, o alvo foi o EcoSport no Brasil e a estratégia deu certo. Mesmo com a chegada da nova geração do modelo da Ford, o Duster continua vendendo muito bem porque é mais barato que o EcoSport.

A Nissan deve repetir o feito com Note no Brasil. Os japoneses abrirão uma nova fábrica no País no início de 2014, na cidade de Resende, Rio de Janeiro. Lá serão produzidos o March e o Versa (este a partir do segundo semestre do ano que vem). Hoje os dois modelos vêm do México, onde também é feito o Note, por enquanto, para o mercado norte-americano.

Com a saída de March e Versa, os espaço será ocupado pelo Note até que a fábrica brasileira tenha condições de dar conta dos três modelos, em 2015. E por que o Note virá de lá? Porque o monovolume compartilha muita coisa com o sedã Versa: “ele usa a mesma base e entre-eixos do Versa”, confessou um executivo da Nissan que participou do seu desenvolvimento e hoje cuida de outra área da montadora.

De fato, o interior do Note lembra demais o Versa. Em relação aos seus irmãos, o Note é muito mais atraente e bem resolvido por fora. No interior, o modelo exibe um novo console central com acabamento em black piano e ar-condicionado digital. Painel de instrumentos e volante também são mais evoluídos, itens que devem ser incorporados no March e Versa nacionais no ano que vem.

O Note americano que, na verdade, é chamado de Versa Note, usa um motor 1.6 mais avançado que não deve chegar ao Brasil. Aqui o Note deve usar apenas o 1.6 16V que vemos no Versa e March.

Na briga com o Fit, o Note deve levar vantagem no preço, sem dúvida, mas perderá na versatilidade. Enquanto o Honda oferece o elogiado sistema ULT, que permite múltiplas configurações dos bancos, o Note apenas rebate os bancos traseiros. Quem sabe, a Nissan não possa ao menos melhorar esse aspecto no Brasil mas isso é pouco provável.

Outra dúvida surgida após dirigir o Note é seu papel perante a minivan Livina, que tem características semelhantes. “São carros para públicos diferentes”, ressalta o diretor da Nissan. “A Livina atrai famílias com filhos que buscam priorizar o espaço interno. Já o Note é voltado para um público jovem”, conclui o executivo.


Ações

Information

Deixar um Comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: